Criança é incendiada e morre em ritual espiritual

Durante um ritual de “evocação e incorporação de espíritos malignos” uma criança foi incendiada em Frutal, no Triângulo Mineiro. Os avós, a tia, a mãe da menina e um líder espiritual foram presos nesta quarta-feira (20) pelo crime contra a criança de 5 anos.

A Polícia Civil informou que Maria Fernanda Camargo foi assassinada no dia 24 de março. A suspeita começou após um acidente doméstico que envolveu a criança e uma churrasqueira na casa dos avós. As investigações apontaram que a vítima foi queimada viva.

A menina foi submetida a ervas e álcool no corpo durante o ritual. O líder espiritual ateou fogo na criança com uso de uma vela. Quase 100% do corpo foi queimado. Familiares da vítima estavam presentes no momento e ficaram feridos ao tentar apagar o fogo.

A operação “Incorporação da Verdade”, deflagrada pela Polícia Civil, prendeu os familiares e o líder espiritual. Eles serão ouvidos e passaram por exame de corpo e delito. As investigações ainda estão em andamento. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, além das prisões.

A menina foi socorrida no hospital Frei Gabriel em Frutal, mas foi transferida para um hospital em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, onde morreu.

O post Criança é incendiada e morre em ritual espiritual apareceu primeiro em Jornal de Brasília.