Justiça britânica autoriza extradição de Julian Assange para os Estados Unidos

A justiça britânica emitiu nesta quarta-feira (20) a ordem formal que autoriza a extradição do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, aos Estados Unidos para ser julgado por espionagem devido à publicação de centenas de milhares de documentos secretos a partir de 2010.

A ordem será enviada agora para a ministra do Interior, Priti Patel, que tem a última palavra em qualquer extradição. A defesa de Assange pode apelar até 18 de maio.

© Agence France-Presse

O post Justiça britânica autoriza extradição de Julian Assange para os Estados Unidos apareceu primeiro em Jornal de Brasília.