Polícia mata homem que invadiu residência do embaixador do Peru em Washington

Um homem invadiu, nesta quarta-feira (20) pela manhã, uma residência vinculada à embaixada do Peru em Washington e quebrou as janelas com uma barra de metal antes de morrer por disparos das forças de segurança, informou a polícia da capital americana.

O chefe da polícia de Washington, Robert Contee, declarou à imprensa que o embaixador Oswaldo de Rivero e sua esposa se encontravam no interior da residência quando um homem não identificado começou a quebrar as janelas com um objeto metálico.

A polícia foi chamada e agentes do Serviço Secreto, um corpo de elite encarregado da proteção da Casa Branca e das embaixadas na capital americana, socorreram o lugar pouco antes das 8 da manhã (9h00 no horário de Brasília).

Os agentes tentaram deter o homem, de entre 20 e 30 anos, segundo Contee, com armas taser não letais, mas “não surtiram efeito” fazendo com que um deles usasse sua arma de serviço e o intruso “morreu no ato”.

O homem se encontrava na parte traseira da residência, em cujo interior não chegou a entrar, acrescentou, especificando que os agentes foram enviados a um hospital próximo para realizarem “testes”, mas que suas vidas não correm perigo.

“Não sabemos quem é este indivíduo. Não sabemos porque esta pessoa estava na propriedade”, declarou Contee aos jornalistas.

“Parece que ninguém sabe quem é (…) Estava quebrando as janelas de toda a propriedade”, disse.

O Departamento da Polícia Metropolitana abriu uma investigação sobre o ocorrido.

“Isso é totalmente fora do comum. Não me lembro da última vez que tivemos esse tipo de incidente” na residência de um embaixador, afirmou, precisando que parece ser um fato “isolado”, que afeta “os residentes desta embaixada em particular”.

© Agence France-Presse

O post Polícia mata homem que invadiu residência do embaixador do Peru em Washington apareceu primeiro em Jornal de Brasília.