“Vou fazer diferença na saúde mental”, diz Evandro Santo após reunião com Bia Doria na Prefeitura de SP

Em pequenos passos, grandes mudanças vão acontecendo e quem ganha é a população. Na manhã desta quarta-feira, 20, o humorista Evandro Santo se reuniu com a artista plástica Bia Doria e os representantes do setor de políticas públicas da Prefeitura de São Paulo para entender e discutir aspectos da saúde pública e mental.


O humorista aproveitou para conhecer de perto o trabalho da artista plástica

Há um ano limpo, Evandro teve uma grande luta contra as drogas e a depressão. Ele mudou de vida ao se internar em uma clínica de reabilitação, onde ficou por nove meses e hoje é voluntário. Sabendo das dificuldades e dores, o comediante tem como missão de vida ajudar outras pessoas que estão passando pelos mesmos problemas que um dia ele enfrentou.

“Nas redes sociais as pessoas me perguntavam muito sobre cracolândia, vagas sociais. Como eu sempre fiquei em clínicas pagas, eu estava meio ignorante. Eu já conhecia a Bia por conta de causas sociais e ela me chamou no Instagram, aí começamos a conversar, ela me falou de trabalhos sociais que o governo de São Paulo tem e eu não conhecia todos”, revelou Evandro.



Atualmente, Evandro usa as redes sociais, com mais de 700 mil seguidores, para falar e discutir sobre saúde mental

A conversa foi amadurecendo entre os dois, assim como a vontade de fazer a diferença na área da saúde mental. Com isso, os dois se reuniram no ateliê de Bia e depois foram até a Prefeitura de São Paulo conversar com os responsáveis pelo setor. Evandro teve a oportunidade de conhecer mais sobre a área e expos um pouco do que sabe para ajudar na melhora das políticas públicas.

“A pessoa não sai da cracolância se ela não tiver uma perspectiva de futuro. Porque a pessoa vai parar de fumar crack se ela não tem casa, família ou trabalho? É assim que a pessoa pensa, que pelo menos ela tem o acolhimento dos traficantes e das pessoas que estão usando a droga com ela. O que é oferecido para pessoa para ela parar de usar? Me foi oferecido minha capacidade cognitiva, capacidade intelectual, novos amigos, nova maneira de viver”, explicou Santo.



“Agora que começou nossa aventura”, escreveu Evandro nas redes sociais, mostrando que há muitas mudanças a serem construídas pela frente

A reunião foi uma troca de ideias para que o tratamento de problemas mentais na saúde pública seja ainda mais assertivo e responsável, garantindo que as pessoas não voltem a vida e aos problemas de antes. O encontro voltará acontecer novamente e Evandro garante que vai fazer a diferença no setor.

O post “Vou fazer diferença na saúde mental”, diz Evandro Santo após reunião com Bia Doria na Prefeitura de SP apareceu primeiro em Jornal de Brasília.