Daniel Silveira foi surpreendido pela rapidez do perdão de Bolsonaro, dizem aliados

Parlamentares que conversaram com Daniel Silveira (PTB-RJ) após o anúncio do perdão da pena por Jair Bolsonaro (PL) na quinta-feira (21) disseram que o deputado relatou ter sido surpreendido pelo decreto.

Segundo eles, Silveira afirmou que sabia da possibilidade do perdão, mas acreditava que o presidente esperaria a ação transitar em julgado para tomar a atitude.

“Ele estava alegre e agradecido. Não esperava que fosse acontecer tão rápido. Sabia que havia essa possibilidade, mas a gente imaginava que fosse ficar para depois, meses mais para frente”, diz o deputado federal Coronel Tadeu (PL-SP), que falou com Silveira na noite de quinta-feira.

Tadeu, que é vice-presidente do PL, afirma que vai protocolar um projeto de lei propondo a anistia de Silveira, como uma espécie de plano B para caso o decreto de Bolsonaro não tenha o efeito esperado.

Silveira foi condenado a 8 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de coação no curso do processo (uso de violência ou de ameaça para obter vantagem em processo judicial) e de incitação à tentativa de impedir o livre exercício dos Poderes.

Nesta quinta-feira (21), o presidente Bolsonaro concedeu perdão de pena ao deputado. ​

O post Daniel Silveira foi surpreendido pela rapidez do perdão de Bolsonaro, dizem aliados apareceu primeiro em Jornal de Brasília.