Economia chinesa lida com ‘crescente pressão de baixa’, diz primeiro-ministro

Primeiro-ministro da China, Li Keqiang disse nesta segunda-feira, 25, que a economia de seu país lida com “nova, crescente pressão de baixa”, devido ao impacto de mudanças “maiores do que o esperado” nos cenários doméstico e internacional, que merece “grande atenção”.

De acordo com a Xinhua, agência estatal chinesa, Li Keqiang fez as observações durante uma reunião do Conselho do Estado.

Ele pontuou que desenvolvimentos avançados em questões sociais e econômicas são a responsabilidade básica de governos em todos os níveis, além de um “requisito essencial para melhorar a conduta do Partido e construir um governo limpo”.

Conforme nota, Li Keqiang enfatizou que as iniciativas políticas já formuladas devem ser “amplamente implementadas” neste primeiro semestre “para garantir empregos, preços e suprimentos estáveis e manter estáveis os fundamentos da economia chinesa”.

Estadão Conteúdo

O post Economia chinesa lida com ‘crescente pressão de baixa’, diz primeiro-ministro apareceu primeiro em Jornal de Brasília.