Doria diz respeitar Lula, mas não Bolsonaro: ‘É inteligente e tem passado’

O ex-governador João Doria, pré-candidato à Presidência pelo PSDB, disse que respeita o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas não o presidente Jair Bolsonaro (PL), seu ex-aliado. Para o tucano, Lula é “inteligente e tem passado”, diferente de Bolsonaro.

“Embora eu seja um antagonista ao Lula, eu o respeito. O Lula não é Bolsonaro, o Lula é inteligente e tem passado. Eu tenho posições diferentes das dele, mas tenho respeito por ele. Já Bolsonaro não merece o meu respeito. Eu sou um liberal social”, afirmou em entrevista ao jornal Valor Econômico.

Doria voltou a afirmar que se sentiu “enganado” por Bolsonaro e disse que o apoio do presidente não determinou sua eleição ao governo de São Paulo em 2018, quando incorporou o slogan “BolsoDoria”. “Não foi por causa do Bolsonaro. Eu tinha uma posição anti-PT. Eu venci o PT nas eleições de 2016”, afirmou o tucano, referindo-se à vitória na eleição para a Prefeitura dois anos antes.

O tucano também reafirmou que o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) deve respeitar as prévias tucanas que definiram o nome do partido para a disputa do Planalto.

Estadão Conteúdo

O post Doria diz respeitar Lula, mas não Bolsonaro: ‘É inteligente e tem passado’ apareceu primeiro em Jornal de Brasília.