Rafael Lazzaro, CEO da Agência Phoenix, acredita que sem planejamento e mídias engajadas é cada vez mais difícil ser eleito

Vitórias não acontecem por acaso, elas são resultados de muito esforço. Hoje a campanha eleitoral não aceita improviso e nem falta de planejamento. Ações inteligentes somadas a trabalho sério e honesto, com certeza, vão fazer o candidato performar muito mais.



Atualmente não estar presente nas redes sociais como Facebook e Instagram é meio caminho para frustração ao fim do processo eleitoral

Atualmente não estar presente nas redes sociais como Facebook e Instagram é meio caminho para frustração ao fim do processo eleitoral. O candidato não consegue estar presente em todos os lugares, ainda mais em 2022, onde se pleiteia cargos como os de deputados federal e estadual, ou seja, a internet é uma grande aliada. Através das mídias sociais, o futuro deputado pode levar a sua audiência um pouco mais de sua história, projetos e ações realizadas, desta maneira engajando eleitores. Quem quer se eleger ou se reeleger e não possuí estes canais acaba sendo até negligente com seu eleitorado, afinal, vivemos na era da transparência, principalmente da comunicação.



CEO da Agência Phoenix, especializada e Marketing Eleitoral.

Fato é, profissionalizar o marketing político, principalmente no digital é tão importante quanto as temidas prestações de contas. Não se constrói uma imagem positiva e relevante com fotos aleatórias ou flyers criados em aplicativos gratuitos. Tudo é estratégia, afinal, apesar da liderança ser um único produto, o eleitorado é amplo, estando em cidades diferentes, com culturas diferentes. Já estamos entrando em maio, mas ainda há tempo de se planejar e pesquisar agências que podem colaborar com o sucesso de sua campanha.

Candidato, se liga, não há mais espaço para amadorismo no processo eleitoral!

O post Rafael Lazzaro, CEO da Agência Phoenix, acredita que sem planejamento e mídias engajadas é cada vez mais difícil ser eleito apareceu primeiro em Jornal de Brasília.