Dia D contra a gripe e o sarampo terá 79 pontos de vacinação

O Distrito Federal terá 79 pontos de atendimento no Dia D de vacinação contra a gripe e o sarampo, programado para este sábado (30). As duas campanhas vão atender crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias; idosos acima dos 60 anos, além dos grupos prioritários de vacinação. Os postos estarão abertos das 9h às 17h.

A campanha contra a influenza foi iniciada no dia 4 de abril e no DF já atende aos idosos com 60 anos ou mais e as crianças com idades entre 6 meses e 4 anos e 11 meses. No dia D, a imunização também atenderá a gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, indígenas, professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Também serão atendidas pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

O secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Pedro Zancanaro, explica que a vacinação contra a influenza em 2022 inclui a proteção contra a variante Darwin do vírus H3N2, que causou um surto de influenza no início de 2022. A expectativa é a de que uma maior cobertura vacinal evite o aumento do número de casos. “Com mais pessoas vacinadas, o número de casos cai”, afirma.

Os públicos prioritários também poderão procurar as unidades de saúde a partir de segunda-feira (2). Para o secretário-adjunto, é fundamental garantir a proteção desses grupos antes da chegada do período de temperaturas mais baixas. “A vacinação começa nos meses de abril e maio, antes do inverno”, explica o gestor.

O público-alvo para a campanha de vacinação contra a influenza representa 1.086.550 pessoas no DF e a meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis até o dia 3 de junho. Em 2021, a campanha atingiu 67,4% no prazo.

Sarampo

Também em evidência neste dia 30, a vacinação contra o sarampo ocorre em um momento de baixa na cobertura vacinal e do risco de novos casos. “Um único doente com sarampo é capaz de infectar de 15 a 18 pessoas”, explica Pedro Zancanaro.

Neste caso, devem ser vacinadas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O público-alvo no DF é de aproximadamente 182 mil crianças e a meta é vacinar 95% delas.

A proteção contra o sarampo está disponível como vacinação de rotina nas unidades básicas de saúde.

Clique aqui para conferir os locais de vacinação do Dia D.
Clique aqui para conferir a lista dos locais de vacinação de rotina.

*Com informações da Agência Brasília

O post Dia D contra a gripe e o sarampo terá 79 pontos de vacinação apareceu primeiro em Jornal de Brasília.