Flamengo vence Universidad Católica e se isola na liderança do Grupo H da Libertadores

O Flamengo derrotou a Universidad Católica em Santiago por 3 a 2 nesta quinta-feira e se isolou na liderança do Grupo H da Copa Libertadores da América.

Gabigol (2x) e Lázaro marcaram para o ‘Rubro-Negro’, enquanto o time chileno descontou com um gol contra de Isla e um de Buonanotte.

O Flamengo mais uma vez mostrou a força da dupla de ataque formada por Bruno Henrique e Gabigol para conseguir sua terceira vitória em três jogos nesta fase de grupos da Libertadores.

Já a Católica abusou dos erros defensivos e da falta de criatividade, ficando em posição delicada para conseguir chegar às oitavas de final.

Gabigol faz dois

Desde o início do jogo, o time chileno se mostrou nervoso e inseguro nos passes, especialmente na defesa, onde tinha vários desfalques. E o Flamengo se aproveitou disso.

Aos oito minutos, Bruno Henrique deu passe açucarado para Gabigol, que cara a cara com o goleiro chutou de primeira para abrir o placar.

Mas o gol, ao invés de abater os chilenos, os motivou. Aos 15, o atacante Fabián Orellana deu um passe de calcanhar dentro da área procurando Fernando Zampedri. Na sequência, o lateral Isla chegou atrasado na marcação e acabou tocando contra o gol defendido por Santos.

O time brasileiro retomou a frente no placar em jogada que começou com um ótimo lançamento de Arrascaeta nas costas da defesa chilena para Bruno Henrique, que novamente passou para Gabigol só empurrar para as redes.

Flamengo mata o jogo

No segundo tempo, a Universidad Católica foi com tudo em busca do empate e criou lances de perigo.

Aos 19 minutos, em bola cruzada na área, Fuenzalida pegou de primeira e acertou a trave. No rebote, a bola voltou para os pés do meia chileno, que finalizou novamente, mas o chute foi bloqueado pelo goleiro Santos.

Mas aos 40, em jogada rápida de contra ataque, Marinho tocou para Lázaro dominar com estilo e chutar no ângulo do goleiro Pérez para fazer o terceiro do Flamengo e matar o jogo.

A comemoração dos rubro-negros irritou os jogadores da Católica, e Felipe Gutiérrez acabou sendo expulso.

Já nos acréscimos, o time chileno ainda teve tempo para diminuir em um chute do meia argentino Diego Buonanotte que desviou no zagueiro Pablo e tirou qualquer possibilidade de defesa para Santos.

Com o resultado, o Flamengo chega a nove pontos e está muito próximo da vaga nas oitavas. Já a Católica fica em terceiro com duas derrotas e uma vitória. O Talleres da Argentina é o vice-líder com seis pontos e o Sporting Cristal do Peru, na lanterna, ainda não pontuou.

Na próxima rodada, o Flamengo visitará o Talleres em Córdoba no dia 4 de maio. Por sua vez, os chilenos vão a Lima para enfrentar o Sporting Cristal no mesmo dia.

Ficha técnica de Universidad Católoca 2-3 Flamengo:

Copa Libertadores 2022 – Grupo H – terceira rodada

Estádio: San Carlos de Apoquindo (Santiago)

Árbitro: Jose Argote (VEN)

Gols:

Universidad Católica: Isla (contra), Buonanotte

Flamengo: Gabigol (2x), Lázaro

Cartões amarelos:

Universidad Católica: Leiva, Galani

Flamengo: Wililan Arão, Marinho

Cartões vermelhos:

Universidad Católica: Gutiérrez

Escalações:

Universidad Católica: Sebastian Perez – Thomas Astaburuaga, Raimundo Rebolledo, Sebastian Galani, Alfonso Parot – Felipe Gutiérrez (Diego Buonanotte), Fabián Orellana (Yamil Asad) – Cristian Cuevas (Diego Valencia), Juan Leiva (Ignacio Saavedra), Fernando Zampedri, Jose Fuenzalida (cap). Técnico: Rodrigo Valenzuela.

Flamengo: Santos – Isla, Willian Arão, Pablo, Filipe Luís – João Gomes (Andreas Pereira), Thiago Maia, Éverton Ribeiro (cap) (Marinho), De Arrascaeta (Diego Ribas), Bruno Henrique (Lázaro 65) – Gabigol (Pedro). Técnico: Paulo Sousa.

© Agence France-Presse

O post Flamengo vence Universidad Católica e se isola na liderança do Grupo H da Libertadores apareceu primeiro em Jornal de Brasília.