Tarcísio apoia perdão a Silveira e diz que seu vice em SP deve vir do PL

Ex-ministro da Infraestrutura de Jair Bolsonaro (PL) e pré-candidato ao governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) apoiou, em entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, a graça (perdão) dada pelo presidente ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) após condenação pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

“Não houve afronta, houve aplicação de um remédio constitucional. A Constituição é que previu o instituto do indulto, da graça, que já foi usado anteriormente por outros presidentes em outras situações, e o presidente aplicou esse instituto”, disse, durante a entrevista exibida na madrugada de hoje.

Bolsonaro concedeu no último dia 21 o instituto da graça (uma espécie de perdão) a Silveira, condenado no dia anterior a oito anos e nove meses de prisão pelo STF por ameaças aos ministros da Corte.

O instituto da graça é uma prerrogativa do presidente da República para extinguir a condenação de uma pessoa. Advogados dizem que é um direito do presidente garantido na Constituição, mas que isso cria uma tensão com o STF. Os especialistas consultados dizem que o deputado não deve ser preso, mas perderia os direitos políticos.

“Entendo que, apesar deste acirramento, está se jogando dentro das quatro linhas, está se buscando os remédios institucionais. Decisão judicial não se discute, se cumpre, mas se recorre ou se usa um remédio estabelecido na própria Constituição”, completou Tarcísio.

Vice na chapa deve ser do PL, diz Tarcísio

Durante a entrevista ao jornalista Pedro Bial, Tarcísio de Freitas ainda disse que a vice em sua chapa deve ser ocupada por um indicado do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro. “Existe hoje uma possibilidade muito grande – não dá para fechar, ainda tem muita água para correr embaixo da ponte até as convenções -, mas, se a convenção fosse amanhã, o candidato a vice seria do PL”.

A deputada federal Rosana Valle (SP), que trocou o PSB pelo PL durante a janela partidária, é cotada para ser vice de Tarcísio na disputa pelo governo de São Paulo.

O PL está rachado em relação à disputa paulista. Parte do partido apoia o ex-ministro de Bolsonaro, enquanto uma ala defende a candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB), governador do estado após o afastamento de João Doria (PSDB).

“A gente nunca perde o que nunca teve. São pessoas que já estavam no governo ‘João Doria-Rodrigo’, que fazem parte da gestão ‘Doria-Rodrigo’ e não vão sair agora. Se esse é o caminho que esses parlamentares escolheram, perfeito, eu respeito. Eu vou buscar aliança com aqueles parlamentares que acreditam no projeto que eu estou construindo”, comentou Tarcísio.

O post Tarcísio apoia perdão a Silveira e diz que seu vice em SP deve vir do PL apareceu primeiro em Jornal de Brasília.