“O Brasil é o país mais racista do mundo”, afirma Raiam Santos

Raiam Santos (31), é um escritor best-seller, multimilionário e o primeiro brasileiro negro a se formar na liga das faculdades mais tradicionais dos Estados Unidos, a Ivy League. O carioca tem uma história de superação e inspira seus mais de dois milhões de seguidores nas redes sociais.



Raiam afirmou que é muito mais difícil ser negro no Brasil do que em qualquer outro lugar do mundo

Em entrevista recente ao podcast “Monark Flow” , Raiam afirmou que é muito mais difícil ser negro no Brasil do que em qualquer outro lugar do mundo. “As pessoas falam dos Estados Unidos, mas vou te dar um exemplo simples: lá eles já tiveram presidente negro e aqui não”, lembra.

Ao contar que já morou mais de um ano na Rússia, o anfitrião questiona se lá o Raiam já sofreu racismo e a resposta surpreendeu os espectadores: “Lá nem entraria no meu top de países onde tem mais racismo. Junto com o Brasil, eu colocaria Portugal e França. Mesmo atualmente morando em Paris”, afirma.

Esse trecho pode ser visto no canal do youtube do Monark e o podcast na íntegra e as transmissões ao vivo são disponibilizadas na plataforma rumble.

O post “O Brasil é o país mais racista do mundo”, afirma Raiam Santos apareceu primeiro em Jornal de Brasília.