Ministro diz a Fux que Forças Armadas estão ‘comprometidas com democracia’

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Oliveira, se reuniu com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, e disse que as Forças Armadas estão “comprometidas com a democracia brasileira”. A informação foi divulgada pela Corte em nota publicada nesta noite.

Ainda segundo o STF, o ministro garantiu que os militares atuarão “no âmbito das suas competências, para que o processo eleitoral transcorra normalmente e sem incidentes”. Fux ressaltou, por outro lado, que o STF preza pela harmonia entre os Poderes e pelo respeito entre as instituições.

A reunião ocorreu em meio a novos questionamentos do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas e após ele sugerir em declarações no domingo, 1º, que a apuração dos votos fosse feita também pelas Forças Armadas.

Fux também se reuniu nesta terça-feira, 3, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Após o encontro, Pacheco criticou os ataques ao Judiciário e afirmou que o aviltamento e a “redução de prerrogativas” de ministros do Supremo “é algo muito ruim para a democracia”.

“O que nós não podemos permitir é que o acirramento do processo eleitoral, que é eleitoral, possa desbancar para aquilo que eu reputo como anomalias graves, que possa falar em intervenção militar, atos institucionais, frustração de eleições. Essas anomalias graves precisam ser contidas”, declarou o presidente do Senado.

Estadão Conteúdo

O post Ministro diz a Fux que Forças Armadas estão ‘comprometidas com democracia’ apareceu primeiro em Jornal de Brasília.