PODCAST: Sucesso de Camila Loures e Virginia à frente do “PodCats” mostra o potencial

Para o especialista em empreendedorismo, Sidnei Martins, o caminho que as duas influencers estão seguindo revela uma tendência cada vez mais forte e lucrativa: virar uma marca na internet. “Hoje temos nomes de pessoas que se tornaram marcas fortes, muito mais influentes que seus produtos. Bill Gates, por exemplo, tem mais seguidores no Instagram que sua empresa, a Microsoft. Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX, quando fez uma publicação no Twitter sobre a criptomoeda-meme Dogecoin, elevou os preços do ativo em 50%”.

O que ele destaca é que o produto criado por elas, o podcast, é forte e atrai o público por seu conteúdo. Ele alimenta a imagem de Virgínia e de Camila junto aos seguidores e isso se torna um ciclo, já que elas também são influencers, além de apresentarem a atração. Aliás, elas já se conheceram justamente por serem influencers. “Para ser um influencer, é necessário ter alguns milhares de seguidores. Como conquistá-los? Tendo conteúdo relevante, original e constante, com o podcast este ciclo é alimentado”, destaca Sidnei.


Divulgação

Outro ponto é que deve estar sempre em movimento. As redes sociais oferecem atualizações a todo momento, bem como os interesses do público são variáveis e, para se manter em alta, é preciso oferecer sempre conteúdos novos. “Como os novos tempos trazem esse dinamismo também de ideias e ciclos variados de consumo, isso proporciona que tenhamos a todo momento , um novo portal para novos produtos”. Portanto, sempre há um novo escopo para se inserir como autoridade. Nessa renovação constante, entrou a criação do Podcasts..

Sidnei destaca que para atingir esse status é necessário dedicação. “Se tornar um influencer requer muita dedicação e estudo, tanto sobre as pessoas que irão se conectar a você, quanto sobre as plataformas digitais a serem utilizadas, entender o algoritmo é algo extremamente desafiador para quem inicia”.

O post PODCAST: Sucesso de Camila Loures e Virginia à frente do “PodCats” mostra o potencial apareceu primeiro em Jornal de Brasília.