Saúde reduz intervalo entre doses da vacina contra a covid Pfizer

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou, nesta quinta-feira (05), a redução do intervalo entre as doses da vacina contra a covid-19 Pfizer. A informação foi divulgada pela pasta em coletiva de imprensa.

Segundo o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, o intervalo irá de oito semanas para 21 dias. A medida segue a recomendação do Ministério da Saúde.

4ª dose

Durante a coletiva, a pasta ainda anunciou que idosos com 60 anos ou mais estão autorizados a procurar os postos de vacinação para tomar a segunda dose do reforço das vacinas contra a covid-19.

Segundo o chefe da pasta, general Manoel Pafiadache, informou que a imunização está liberada a partir de amanhã (06). “Tomando cuidado [com o intervalo]. Tem que ter quatro meses ou mais entre a primeira dose de reforço e essa agora”, lembrou o secretário.

900 mil

Cerca de 900 mil brasilienses ainda não voltaram aos postos de saúde da capital para tomar a primeira dose do reforço das vacinas contra a covid. Atualmente, 1.167.766 tomaram essa dose.

Além desses, ao menos 178 mil pessoas ainda não tomaram a primeira dose e 120 mil não tomaram a segunda dose. Atualmente, 2.505.576 (90,12%) pessoas tomaram a primeira dose, 2.382.674 (83,70%) a segunda dose ou a dose única.

O post Saúde reduz intervalo entre doses da vacina contra a covid Pfizer apareceu primeiro em Jornal de Brasília.