Filhote de lula gigante de 2 metros é encontrado em praia da África do Sul

Em uma praia de Cape Town, na África do Sul, uma mulher passeava, quando se deparou com uma lula gigante extremamente rara, já morta, com mais de 2 metros de comprimento. Ela documentou sua descoberta em uma rede social e atraiu comentários de internautas de várias partes do mundo, interessadas em conhecer detalhes sobre o animal.

“Parece que não se sabe muito sobre essas criaturas”, escreveu Ali Paulus em um post descrevendo o corpo do animal que ela encontrou na praia de Long Beach, em Kommetjie.

As fotos que acompanham a postagem mostram a lula gigante, que supostamente media mais de 2 metros de comprimento da cabeça às pontas dos tentáculos. Em uma das fotos, um menino pode ser visto inspecionando a criatura marinha, que parece ser do seu tamanho, com seus tentáculos agrupados.

Embora de tamanho considerável para os padrões humanos, o espécime parecia, na verdade, um filhote. Afinal, no reino da lula gigante, um indivíduo adulto consegue chegar a 13 metros de comprimento. Não se sabe ainda como o molusco gigante parou na praia, já morto.

No entanto, Ali especulou que o “coitado foi derrubado por uma hélice”. Uma das fotos mostra o que parece ser um corte profundo acima de um dos tentáculos do cefalópode. A descoberta é considerada particularmente rara, pois a lula gigante é uma espécie que reside em profundidades entre 300 e 600 metros.

O último avistamento na África do Sul ocorreu em 2020, quando um filhote apareceu na costa da Cidade do Cabo. Segundo os cientistas, as lulas-gigantes não se limitam a flutuar, mas, ao contrário, são ativas e atacam suas presas horizontalmente, prendendo-as em seus tentáculos.

As ventosas dos tentáculos podem atingir até 5 cm de diâmetro. Já foram encontrados diversos exemplos de marcas dessas ventosas cravadas nas cabeças de cachalotes, predadores naturais das lulas-gigantes.

O post Filhote de lula gigante de 2 metros é encontrado em praia da África do Sul apareceu primeiro em Jornal de Brasília.