Folky fala sobre a dualidade entre os humanos e Deus na faixa “One Is Us”, parceria com Spii

No mundo, há quem chame de Deus, outros de Buda ou Alá. Não importa qual é a sua religião, o significado é o mesmo: uma força regente superior ao ser humano. Mas não estaria o próprio ser no controle de sua vida colocando em prática o direito à liberdade e ao livre arbítrio?

Pensando nesta reflexão, o rapper Folky lança nesta sexta-feira (6) a música “One Is Us”. A faixa, que conta com colaboração de Spii, faz alusão às diferentes crenças religiosas, entendendo que há espaço para todas as distintas maneiras de se ver o mundo.



A faixa, que conta com colaboração de Spii, faz alusão às diferentes crenças religiosas, entendendo que há espaço para todas as distintas maneiras de se ver o mundo.

Na tradução “One Is Us” significa “Um Somos Nós”. Na faixa, Folky traça o paralelo entre o mundo espiritual e o material contrapondo às nossas próprias escolhas.

Resultado de um trabalho muito bem pensado, Folky revela que o lançamento é a resposta de uma pesquisa profunda de imersão em uma nova sonoridade. “Essa faixa é a mais importante dos meus trabalhos até agora. Eu venho dedicando muito da minha performance vocal, da minha composição. Acho que é a música mais artística que eu já fiz”, revela o artista.

Segundo Folky, a nova música conta com um teor auto explicativo, uma vez que há uma clara reflexão sobre o soberano. “O que eu falo em ‘One Is Us’, o nome já se explica. Na tradução para o português significa ‘Um Somos Nós’. Algumas pessoas chamam de Deus, outras de Universo. Há quem chame de Mundo, ou de Verdade Absoluta, ou até de Você Mesmo ou de Mim Mesmo. É tudo o mesmo. Somos conforto para as pessoas: um humano é um Deus e um Deus é um humano. São pontos de vista”, explica Folky.

Ouça “One Is Us”: https://aceittacomunicacao.streamlink.to/FOLKY-one-is-us

Gravada em parceria com o rapper Spii, “One Is Us” é um grito de aceitação. Segundo o artista curitibano, há uma percepção muito clara na música.

“‘One Is Us’ foi feita juntamente com Folky. A faixa fala sobre o sentido físico e de energia. Na prática, não importa se você é branco, preto, baixo, alto, mulher cis ou homem cis, ou trans, tudo é unidade! A alquimia já dizia isso. Até religiões como o Budismo, entre outros,
já diziam que somos unidade se experienciando através da dualidade. Na música também tem um ar de contraste com luz e sombra na escrita, acredito que isso irá colocar como se fosse um filme na cabeça de quem escutar”, acrescenta Spii.

Marcando a primeira parceria entre os artistas, “One Is Us” chega ao mundo acompanhada de um vídeo 3D. A linguagem inovadora vem sendo usada por rappers em lançamentos musicais no YouTube.



Marcando a primeira parceria entre os artistas, “One Is Us” chega ao mundo acompanhada de um vídeo 3D

“O visual 3D traz essa dualidade entre um humano conversando com Deus. Eu conto essa visão do humano. No feat. o Spii mostra justamente essa visão de Deus em uma espécie de conversa, como se fosse uma oração”, adianta Folky.

“Acho que essa música vai gerar um grande choque. É uma temática que ninguém fala sobre, uma vez que as pessoas têm estado muito mais preocupadas em alienar as pessoas com informações desnecessárias, e essa música vem justamente para desmistificar isso: todos somos Deus, todos somos incríveis, é uma questão de auto empoderamento e auto aceitação”, conclui o artista.

O post Folky fala sobre a dualidade entre os humanos e Deus na faixa “One Is Us”, parceria com Spii apareceu primeiro em Jornal de Brasília.