Homem é preso suspeito de filmar e vender imagens de crianças, na PB

Na manhã desta terça-feira, 10, um homem foi preso, em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, suspeito de envolvimento com crimes de pedofilia. A operação ‘Inocência’ foi desencadeada, tendo como alvo de prisão, busca e apreensão o homem e a casa dele.

Segundo a polícia, o investigado tem 39 anos e seria professor de dança em quadrilhas juninas, nas cidades de Sousa e Cajazeiras, Sertão da Paraíba.

O homem, que não teve nome divulgado, fotografava e filmava crianças em cenas pornográficas e vendia as imagens para todo o Brasil e exterior. Na casa do suspeito, a polícia encontrou várias roupas infantis usadas no momento das filmagens.

A investigação partiu de uma denúncia encaminhada para a Polícia Federal, que foi posteriormente recebida pela Delegacia de Crimes Cibernéticos de João Pessoa (DECC).

Segundo Ilamilton Simplício, delegado superintendente da Polícia Civil de Cajazeiras, o homem já havia sido preso entre os anos de 2016 e 2017, também pelo crime de pedofilia.

O delegado afirmou que as crianças filmadas estão em situação de vulnerabilidade social. O caso específico investigado nesta operação constatou filmagens de uma menina de 10 anos, que seria vizinha do suspeito.

A operação foi desencadeada pela Delegacia de Crimes Cibernéticos de João Pessoa (DECC) e o Grupo de Repressão Qualificada de Cajazeiras (GRQ).

O post Homem é preso suspeito de filmar e vender imagens de crianças, na PB apareceu primeiro em Jornal de Brasília.