Águas Claras e Arniqueira ganham 2,3 km de calçadas novas

Águas Claras e Arniqueira vão se beneficiar, simultaneamente, com cerca de 2,3 km de calçadas novas. A obra tocada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) vai favorecer pelo menos 20 mil pessoas que passam pela região todos os dias.

Os passeios estão sendo executados na Avenida Vereda da Cruz, em um trecho da pista que divide às duas cidades.

O investimento é de R$ 700 mil, de uma emenda da deputada distrital Julia Lucy (União Brasil). O serviço inclui ainda meios-fios e acessibilidade para pedestres. Será uma reforma providencial em um setor onde o movimento de carros é grande, cercado por condomínios, escola, e onde não existia um local seguro para uma caminhada.

É o que atesta Lélio Santana, 48 anos, síndico de um condomínio do Setor Habitacional Arniqueira. Morador há oito anos dali, ele relata que a obra vai garantir mais segurança em todos os aspectos. “A gente via algumas pessoas fazendo cooper próximo aos carros na avenida, o que é perigoso”, relata. “Além do que, se você quer ir a uma academia, pegar o metrô em Águas Claras, tem por onde andar”, complementa Lélio.

Já Francisca da Silva, 51 anos, é dona de um quiosque vizinho a uma escola particular da região. Tem o hábito de atravessar a pé o gramado que beira a Vereda da Cruz. “As calçadas são sempre bem-vindas. Para quem mora aqui, para os comerciantes como eu, para o pessoal da escola. E como venho de ônibus, melhor vir pela calçada”, confessa.

No momento, as máquinas da Novacap trabalham na terraplanagem e no assentamento dos meios-fios. Em seguida, será a vez da concretagem dos passeios. Segundo a administradora regional de Arniqueira, , o número de pedidos via Ouvidoria por calçadas e recapeamento asfáltico da pista é constante.

Segundo a Diretoria de Urbanização (DU) da Novacap, o projeto contempla, além da Vereda da Cruz, o calçamento da Rua Ipê Amarelo, em Águas Claras. A via é a que conduz até o fórum da cidade.

O post Águas Claras e Arniqueira ganham 2,3 km de calçadas novas apareceu primeiro em Jornal de Brasília.