PCDF prende mulher que praticou extorsão com arma de fogo

Nessa terça-feira, 10, a Polícia Civil do Distrito Federal, por meio do trabalho investigativo da 35ª DP, realizou a prisão de uma mulher acusada de extorsão praticada com uso de arma de fogo contra outra mulher e o filho dela.

O menino tem um ano, e ambos eram mantidos em cárcere privado em uma casa localizada em Taguatinga.

A genitora e avó das vítimas informou aos policiais que a filha estaria sendo acusada de ter furtado uma quantia de R$ 650, da casa onde estava com a liberdade restringida.

A dona da casa e o namorado dela estariam ameaçando-a, inclusive com arma de fogo, afirmando que a criança e a mulher só sairiam da casa se a mãe da vítima pagasse a quantia referida.

A partir da denúncia da avó, a equipe da 35ª DP passou a investigar e, após confirmar a veracidade das mensagens enviadas à mãe da vítima, deslocara-se até o endereço do cárcere das vítimas.

Ao chegarem ao local, abordaram duas mulheres e dois homens envolvidos na situação. Os policiais resgataram a mulher e o bebê, conduzindo-os à delegacia para depoimento.

Na presença da autoridade policial, a vítima diz ter sofrido ameaças com emprego de arma de fogo, além disso, a autora do crime, com auxílio de uma adolescente, teria introduzido seus dedos na vagina da vítima para ver se o dinheiro não estaria nas partes íntimas dela.

Durante a ação dos policiais, o namorado da autora ao perceber a chegada deles e, empreendeu uma fuga. Um dos homens abordados no local estava com uma porção de droga e um iPhone roubado na área de Taguatinga, sendo autuado em flagrante pelos crimes.

A autora responderá pelos crimes de extorsão e se condenada poderá sofrer uma pena de até dez anos de prisão.

O post PCDF prende mulher que praticou extorsão com arma de fogo apareceu primeiro em Jornal de Brasília.